Investigador universitário recebe prémio CUF

O investigador António Luís Amaral, do Centro de Engenharia Biológica da Universidade do Minho (UM), recebe hoje, em Lisboa, o Prémio CUF, destinado a galardoar a melhor tese de doutoramento na área da engenharia química com aplicação na indústria nacional.

O prémio, no valor de cinco mil euros, distinguiu a investigação levada a cabo por António Amaral sobre o desenvolvimento de ferramentas informáticas de análise de imagem e processamento de dados para diagnóstico, supervisão e controlo de processos biológicos de tratamento de efluentes em estações de tratamento de águas residuais.

Docente da Escola Superior de Tecnologia e de Gestão do Instituto Politécnico de Bragança e investigador do CEB - UM, onde é orientado pelo Prof. Eugénio C. Ferreira, Amaral licenciou-se em 1996 em Engenharia Biológica pela Universidade do Minho. Iniciou a sua actividade de investigação no Departamento de Engenharia Biológica da Universidade do Minho, tendo concluído o Mestrado em Engenharia Biológica, em 1999, e o Doutoramento em Engenharia Química e Biológica no tema "Análise de Imagem em Processos Biotecnológicos", em 2003, com uma bolsa da Fundação para a Ciência e Tecnologia. No decurso do mestrado e doutoramento efectuou diversos estágios no Laboratoire des Sciences du Génie Chimique de Nancy. É actualmente Investigador do Centro de Engenharia Biológica da UM. Gil Diniz


Related Content