Biotempo: uma nova empresa dedicada à investigação

Quatro investigadoras do Departamento de Engenharia Biológica da Universidade do Minho formaram recentemente a Biotempo, empresa que tem como objectivo fazer investigação e desenvolvimento em novas tecnologias e produtos na área da Biotecnologia.

A empresa tem actualmente duas unidades de intervenção: biotecnologia ambiental e biotecnologia alimentar e farmacêutica. A unidade dedicada ao ambiente propõe-se diagnosticar e reavaliar problemas do foro ambiental, nomeadamente apoio técnico em projectos de concepção de estações de tratamento de águas residuais, assessoria aos sistemas de tratamento físico-químico e biológico de águas residuais e reavaliação da gestão de exploração de Etar, tendo como base de trabalho as normas ISO. O acompanhamento dos sistemas de tratamento de águas através de medidas preventivas e correctivas associadas aos processos biológicos das Etar são outras das actividades da empresa.

A unidade biotecnologia alimentar e farmacêutica tem como objectivo prestar serviços de diagnóstico e consultoria em ambas as indústrias, sendo que os serviços de consultoria englobam estudos de novos processos, monitorização e controlo de processos biotecnológicos.