CEB lança programa científico e cultural para integrar novos alunos

O CEB respondeu ao desafio do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e preparou um programa científico e cultural para integrar novos estudantes
O Centro de Engenharia Biológica (CEB) da Universidade do Minho, em colaboração com a associação de estudantes através do Núcleo de Estudos de Engenharia Biológica (NEEB), vai iniciar o um programa de atividades de acolhimento e integração dos alunos do 1º ano de Engenharia Biológica no próximo dia 29. Durante a tarde desse dia, os novos alunos do curso irão participar em atividades de dinâmica de grupo, a realizar no Bom Jesus, seguindo depois para Vila Verde, onde terão oportunidade de visitar as instalações da FermentUM – Engenharia das Fermentações, Lda, uma empresa spinoff da Universidade do Minho, dedicada à produção de cerveja artesanal, criada por dois empreendedores, antigos alunos do curso de Engenharia Biológica. Será efetuada uma explicação do processo biotecnológico de produção das cervejas “Letra”. A visita terminará com um jantar e convívio nas instalações da empresa.

Outras iniciativas previstas incluem ainda neste 1º semestre a participação destes alunos nas Jornadas de Engenharia Biológica, evento anual organizado pelo Núcleo de Estudos de Engenharia Biológica (NEEB), a frequência de seminários de divulgação com alunos de doutoramento do CEB, uma sessão de speed dating com projetos de investigação do CEB, o envolvimento em mini-projetos de investigação semestrais promovidos em colaboração como o NEEB.

Os alunos do 1º ano serão também envolvidos nas celebrações do 30º aniversário do lançamento do curso de Engenharia Biológica, nomeadamente através da sua participação num almoço-convívio com antigos alunos e professores a realizar a 22 outubro.
Ao nível cultural está a ser preparado o lançamento de um grupo de percussões de Engenharia Biológica com o apoio do grupo Bomboémia da associação de estudantes.

As iniciativas de receção e integração dos novos estudantes no ensino superior com ciência e cultura resultam de um desafio do Ministro Manuel Heitor para acolhimento dos novos estudantes no contexto de unidades de investigação. Pretende-se deste modo alargar o conhecimento dos novos alunos sobre a investigação em Engenharia Biológica, potenciando os momentos de partilha com outros estudantes e investigadores, estimulando o sentido de curiosidade científica e promovendo um maior entrosamento futuro com os objetivos de aprender, apreender e empreender. Estas ações de índole científico-cultural serão suportadas por verbas da Fundação para a Ciência e Tecnologia através do seu financiamento plurianual ao CEB.