MBioTec - Mestrado em Biotecnologia


Informação Geral

A área da Biotecnologia e Bioengenharia tem tido extraordinários avanços científicos desde o final do século XX, nomeadamente em Engenharia de Proteínas, Biologia de Células Estaminais, Biologia de Sistemas, Biologia Sintética, Genómica, Bioinformática e Nanobiotecnologia. A Biotecnologia, que consiste na integração das Ciências da Vida com a Engenharia, perspectiva-se como uma área de grande revolução científica e tecnológica no presente século, que tem de ser acompanhada por uma forte visão estratégica do ensino superior universitário, como fonte do conhecimento, saber e inovação, através da formação avançada de especialistas em ciência, tecnologia e engenharia neste domínio e com capacidade de traduzir os avanços científicos e tecnológicos para o sector produtivo num ambiente sustentável da humanidade e melhoria da sua qualidade de vida.

Esta formação, conferida pela Universidade do Minho é da responsabilidade do Departamento de Engenharia Biológica (DEB) e beneficia da forte ligação deste departamento ao Centro de Engenharia Biológica, um centro de excelência com elevada reputação nacional e internacional ao nível da investigação no domínio da Biotecnologia e Bioengenharia bem como da ligação ao tecido empresarial Português.

O Mestrado em Biotecnologia destina-se a estudantes com formação base em engenharia ou ciências da vida e tem como objetivo promover uma formação orientada à solução de problemas ligados às indústrias que incorporem processos biológicos, bem como ao sector de serviços a estas indústrias e ao desenvolvimento de aplicações biotecnológicas na área da saúde.


    Capacidade:
  • 30 Estudantes

    Duração do Curso:
  • 2 Anos (4 Semestres)

    Propina:
  • 1037,20 € /ano (a pagar conforme Despacho RT-69/2013, disponível no portal académico)

    Regime:
  • Laboral
  • As aulas de laboratório serão predominantemente à 6ª feira

    Candidaturas - Prazos e local:
  • Fase 1: UMinho: de 19 de Maio a 9 de Junho
  • Fase 2: UMinho: de 29 de Agosto a 5 de Setembro
  • Fase 3: UMinho: de 26 de Setembro a 30 de Setembro

    Inscrição - Prazos e local:

    Informação a divulgar brevemente
    Nota: Os candidatos devem ter concluído a Licenciatura até à data limite de candidaturas e caso não apresentem o certificado de conclusão de licenciatura no ato da candidatura, poderão ser admitidos e juntar ao processo declaração de compromisso de apresentação do certificado no ato da matrícula, ou ainda nesta impossibilidade, até ao limite de 31 de outubro.



Informações para Candidatos

Condições de Admissão:

Titularidade do grau de 1º ciclo em Ciências de Engenharia Biológica ou de áreas afins, os titulares de habilitações legalmente equivalentes, ou titulares de graus de Licenciatura anteriores ao Processo de Bolonha.


Candidaturas:

As candidaturas serão realizadas on-line, através do Portal Académico de Candidaturas.
No final, o Boletim de Candidatura deverá ser impresso, assinado e enviado para o Conselho Pedagógico da Escola de Engenharia, Universidade do Minho, Campus de Azurém, 4804-533 Guimarães, ou digitalizado e enviado por email para cp@eng.uminho.pt dentro do prazo definido para o respetivo período de candidaturas.

    Ao referido boletim deverá anexar obrigatoriamente os seguintes documentos (em fotocópia ou em versão pdf por email):
  • Fotocópia do bilhete de identidade, cartão de cidadão ou outro documento de identificação
  • Fotocópia do cartão de contribuinte (apenas para candidatos nacionais)
  • Fotocópia do certificado de habilitações, com discriminação das disciplinas realizadas e respetiva classificação final
  • Outros elementos solicitados no Edital ou que os candidatos entendam como relevantes para apreciação da sua candidatura
  • Curriculum Vitae detalhado
  • Comprovativo do pagamento eletrónico da candidatura no valor de 30 € (não reembolsável). Os candidatos estrangeiros que não consigam efetuar o pagamento via Multibanco e apenas estes, devem enviar cheque cruzado emitido à ordem da Universidade do Minho ou comprovativo de transferência bancária, no valor de 30 € (não reembolsável).
Qualquer duvida sobre o processo de candidatura é favor contactar o email acima.
Após a seriação respetiva, os candidatos seleccionados deverão proceder à realização da inscrição nos prazos fixados.

Objetivos e Carreira

Formação avançada de Licenciados (quer com Licenciaturas de 1º Ciclo no âmbito do Processo de Bolonha, quer com Licenciaturas anteriores ao Processo de Bolonha), de modo a desenvolver a capacidade de abordagem multidisciplinar de problemas de Biotecnologia e de Bioengenharia.
Formação de recursos humanos com competências para dar resposta aos novos desafios da Biotecnologia na Indústria (farmacêutica, alimentar, ambiental, …) e em investigação (novos projetos científicos, novas metodologias, novos produtos, inovação, ...).

Plano de Estudos

  • Instituição Educacional: Universidade do Minho
  • Unidade Orgânica: Escola de Engenharia
  • Ciclo de Estudos: Biotecnologia
  • Grau ou Diploma: Mestrado
  • Principal Área Científica do Programa: Biotecnologia
  • Número de créditos, de acordo com o sistema europeu de transferência de créditos, obrigatórios para concluir: 120 ECTS (60 ECTS por ano)
  • Duração normal do curso: 2 Anos (4 Semestres)
  • Regime: Laboral


Estrutura do Programa

1.º Ano / 1.º Semestre

Unidades Curriculares Área Científica Regime Tempo Total Tempo Contato ECTS
Bioinformática e Biologia de Sistemas EQB Semestral 140 T 45 5
Introdução à Engenharia Bioquímica EQB Semestral 140 T 45 5
Laboratórios Integrados de Biotecnologia EQB Semestral 280 T 15; TP 15; PL 60 10
Separação e Purificação de Bioprodutos EQB Semestral 140 T 45 5
Tecnologia de Cultura de Células EQB Semestral 140 T 45 5
Total 840 270 30

1.º Ano / 2.º Semestre

Unidades Curriculares Área Científica Regime Tempo Total Tempo Contato ECTS
Biotecnologia Molecular Avançada EQB Semestral 140 T 45 5
Laboratórios de Eng. de Bioprocessos EQB Semestral 280 PL 60; TP 30 10
Projeto em Biotecnologia EQB Semestral 280 T 15; OT 15 10
Riscos e Recursos Biológicos EQB Semestral 140 T 45 5
Total 840 270 30

2.º Ano / 3.º Semestre e 4.º Semestre

Unidades Curriculares Área Científica Regime Tempo Total Tempo Contato ECTS
Opção em Biotecnologia I EQB Semestral 140 T 45 5
Opção em Biotecnologia II EQB Semestral 140 T 45 5
Dissertação em Biotecnologia EQB Anual 1400 OT 7,5 50
Total 1680 97.5 60

Dissertação

A ‘Dissertação’ rege-se por articulados específicos, compreendendo os seguintes procedimentos (válidos a partir de 26 de julho de 2016):
Admissão à Dissertação

  1. O pedido deverá ser formalizado através da apresentação do documento de admissão à dissertação, dirigido dirigido ao Conselho Científico da Escola de Engenharia juntamente com o plano de trabalhos.
  2. A admissão à dissertação e o plano de trabalhos devem ser enviados/entregues à Direção de Curso, DC, em formato digital (pdf), onde se dispensam as assinaturas, e em papel com as assinaturas pertinentes: aluno, orientador e supervisor na empresa.

Seguro Escolar
O seguro escolar cobre as viagens para e do local da dissertação, bem como da permanência na empresa. O número da apólice e outra Informação sobre o seguro pode ser encontrada em: SAS UMinho. Qualquer assunto/declaração relacionados devem ser tratados junto dos SASUM.

Requerimento de Provas
  1. A realização das provas da dissertação pressupõe a entrega do respetivo requerimento de provas. É dirigido à DC e entregue na secretaria do DEB. Deve ser acompanhado por um exemplar da dissertação (em língua portuguesa, francesa ou inglesa), em papel, sem formatação ou encadernação especial, e pelo envio de um exemplar em formato digital (word ou pdf) para a DC, por email (de preferência), ou em CD. Outros exemplares devem ser entregues ao(s) orientador(es) e supervisor na empresa, de acordo com as respetivas instruções.
    Os alunos que realizam a dissertação inseridos no Programa Erasmus não entregam este requerimento de provas se forem atribuídos 30 créditos ECTS (avaliação a cargo da empresa, do orientador, do coordenador Erasmus e do SRI). Se forem 25 créditos ECTS, devem entregar o requerimento apenas para efeitos de emissão de pauta.
  2. A marcação das provas será acertada entre a DC e o candidato, o orientador e o supervisor, passando pela nomeação de um júri, marcação do dia da prova e publicação do edital.
    a. Nomeação do júri
    1. O júri será composto por pelo menos três elementos, incluindo o orientador e o supervisor e um elemento externo (alguém externo à Escola de Engenharia que confere o grau e à empresa onde o trabalho se desenvolveu), exceto em situações devidamente fundamentadas;
    2. A presidência do júri será assegurada por um elemento DC ou por um seu substituto mandatado pelo Presidente da Comissão Científica do DEB;
    3. O júri é nomeado pelo Presidente da Comissão Científica do DEB.

    b. Marcação das provas (publicação de edital)
    1. As provas públicas serão concentradas no tempo, ocorrendo, na maioria, na segunda quinzena de novembro e primeira semana de dezembro;
    2. Após marcação das provas, será publicado o edital com todos os dados.
  3. No final da defesa pública, o júri anunciará a sua classificação. Havendo aprovação, definitiva ou condicionada às correções solicitadas, o candidato deve entregar um exemplar impresso à DC. As eventuais alterações sugeridas pelo júri devem ser previamente validadas pelo orientador.
    Na formatação da dissertação devem ser atendidas as normas previstas em despacho reitoral.
    Juntamente com a dissertação em papel (que deve conter na encadernação a declaração para o RepositóriUM, na página seguinte à declaração sobre autorização de reprodução), deve entregar um exemplar em CD (contendo todo o conteúdo do exemplar impresso). O CD é acompanhado por um exemplar impresso da declaração para o RepositóriUM. O dissertando assina esta declaração, cujo conteúdo, quanto ao estatuto selecionado, deve refletir o acordo entre o dissertando, o orientador e o supervisor. Depois de assinada, deve ser digitalizada para envio do respetivo pdf à DC. Se o estatuto selecionado for o 4 (embargo total por qualquer período ou embargo parcial que não se enquadre nos restantes estatutos), o autor da dissertação deverá entregar uma exposição impressa que explicite a necessidade de um estatuto de excecionalidade, assinada pelo próprio e pelo orientador e/ou supervisor. A ausência da exposição invalida o embargo.
:: Ficheiro ZIP com todos os anexos e instruções ::


Prazos
A data de homologação pelo Conselho Pedagógico da Escola de Engenharia (CPEE) será a data de admissão a dissertação.
O requerimento de provas pode ser efetuado 3 meses após a homologação e não antes. É entregue na Direção de Curso (ou secretaria do DEB) impreterivelmente até ao último dia útil de outubro.
Salvo indicação em contrário, as dissertações corrigidas devem ser entregues à DC até ao dia 15 de dezembro (ou primeiro dia útil após esta data). A falta implica o não lançamento da pauta e a transição automática para o ano letivo seguinte.
Os alunos que tenham em falta para a conclusão do curso apenas a UC Dissertação, e que não entreguem o requerimento de provas até ao fim de outubro, devem inscrever-se nos SAUM no ano letivo seguinte. A propina que terão de pagar é calculada em função do número de trimestres decorridos, desde 1 de novembro, até à data de entrega do requerimento de provas.


    Direção de Curso

  • Diretor: Joana Azeredo
  • Universidade do Minho
    Campus de Gualtar
    4710-057 Braga, Portugal
    Tel: (+351) 253 604 419
    Fax: (+351) 253 678 986
    Email: jazeredo@deb.uminho.pt

Secretariado de Apoio aos Cursos

Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga, Portugal
Email: sac@ceb.uminho.pt
Tel: (+351) 253 601 985
Fax: (+351) 253 604 599